Gabriel Jesus renova contrato com Manchester City até 2023

AddThis Social Bookmark Button

Manchester City confirmou na manhã desta sexta-feira que renovou o contrato com Gabriel Jesus por mais dois anos. O vínculo que ia até 2021 agora termina em 2023. Atual campeão da Premier League e da Copa da Liga Inglesa, com valor de mercado de € 80 milhões (cerca de R$ 347 milhões), de acordo com o site especializado Transfermarkt, o atacante de 21 anos estabeleceu como meta para a próxima temporada sair ileso, sem contusões, depois de se machucar e ficar sem jogar por dois períodos de cerca de dois meses cada, no início de 2017 e 2018.

- Nesses 18 meses, fui muito feliz aqui. Porém, tive duas infelicidades de me machucar. Foi muito bom, quase perfeito. Gosto muito da cidade, estou pegando o inglês, vou voltar às aulas - disse o atacante de 21 anos, autor de 24 gols em 53 partidas pelo City, complementando:

"Posso dizer que vir para o Manchester City foi a melhor decisão que tomei na minha vida, porque estou melhorando como profissional e como pessoa"

- O Pep Guardiola teve um papel importante na minha contratação, mas o clube também.

"O City é um clube enorme e está ficando cada vez maior, eu só quero agradecer por tudo"

No anúncio da renovação, o clube divulgou vídeo do atacante fazendo uma ligação para contar a novidade para a mãe Vera Lúcia. Sem saber que estava sendo gravada, ela primeiro disse que ia sair para botar botão na camisa do filho, antes de dizer que ele "é o cara", revelar que não conhece ainda Guardiola e mandar um beijo para o treinador.

O diretor de futebol Txiki Begiristain reafirmou a confiança do clube no atacante brasileiro.
"Gabriel é, sem dúvida, um dos melhores jovens atacantes do futebol mundial"
- Então, ter ele comprometido o seu futuro é um grande estímulo para nós.
"Há muita variedade no jogo dele"
- Eu sei o quanto Pep gosta de trabalhar com ele e estou realmente ansioso para ver o seu desenvolvimento nos próximos anos.
 

 
Gabriel Jesus foi contratado pelo Manchester City no meio de 2016, por € 32 milhões (cerca de R$ 138 milhões no câmbio atual), mas só saiu do Palmeiras seis meses depois, com as conquistas da Copa do Brasil de 2015 e do Campeonato Brasileiro do ano seguinte. O atacante teve um início impressionante, fazendo gol e dando assistências, mas sofreu uma fratura no quinto metatarso do pé direito, em 13 de fevereiro, e só voltou aos campos em 27 de abril, o que o impediu de participar da Liga dos Campeões.
Na temporada passada, foi bem nos seis primeiros meses, estreando com gol na Champions. Acabou se machucando de novo, ao sofrer uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, em 31 de dezembro. Antes, no início do último mês do ano, alcançou a marca de 403 dias sem perder, por City, Seleção e Palmeiras - sua derrota anterior tinha sido em 3 de outubro de 2016. Foram 34 vitórias em 42 partidas.
 
Voltou a jogar em 25 de fevereiro, na final da Copa da Liga Inglesa, seu primeiro título no City. Participou também da reta final na conquista do Campeonato Inglês, fazendo o gol que garantiu o recorde de 100 pontos na Premier League. Marca que ele creditou ao estilo de trabalho do técnico catalão Pep Guardiola:.
"Nunca entrar na zona de conforto. Pep é muito exigente, com razão"
- Nunca está bom. Com tudo aquilo que a gente fez, ele não baixou a guarda. Ele cobrando, a gente conseguiu bater todos os recordes.
 
Apesar dos dois títulos, Gabriel Jesus também passou pela frustração de ficar na reserva e nem com um gol evitar a eliminação pelo Liverpool nas quartas de final da Liga dos Campeões. Na sequência, foi titular da seleção brasileira eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo sem balançar as redes em cinco jogos.
 
Fonte: GLOBOESPORTE
criselen
drogariapopular
jocar
livraria
mustang
agromarcos
BOINOBRE
TERERE
adega
Amarelinha
ELETROTECH
SANTOS
JVPORTOES
PURAGUA